Buscar
  • Villa Saúde

Adultos “pintando o sete”


Os livros de colorir para adultos são a mais nova mania nacional para, dizem, combater o estresse e trazer cor e vida ao mundo cinza, sem graça e adulto em que vivemos. Ocorre algo interessante nesta prática, segundo nossa psicóloga Flávia Bertuzzo, que vai além do prazer em misturar cores sem compromisso e preencher desenhos miúdos que se transformam em cenários bucólicos.

O colorir transporta o adulto novamente ao mundo infantil, à idade deliciosa na qual passávamos horas desenhando e pintando com muito gosto.


"Este retorno à infância através de uma ação que se costumava praticar na época com prazer e liberdade, retoma também nos dias atuais os mesmos sentimentos que há muito se perderam porque as contingências agora são outras. O lúdico volta a ser instrumento de saúde para a vida emocional, assim como outrora era nossa grande estratégia infantil".


Aproveitando essa ideia, o que mais poderíamos fazer para relaxar e talvez acionar este mundo antigo, trazendo efeitos semelhantes ao colorir: sentimentos de alegria e tranquilidade?


E ideia é o que não falta! "Fazer dobradura com papéis, pular corda, pintar com tinta na tela, pano de prato ou madeira, comprar aquelas revistinhas que continham a boneca e as roupinhas para recortar e vesti-la (para as meninas, ou não), colecionar álbum de figurinhas, bordar, construir carrinhos, casinhas ou qualquer coisa de madeira, caixa de sapato ou o que lhe inspirar".


É isso. Portanto, basta procurar o que te inspira e praticar sem compromisso! ;)


18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Entre em contato para mais informações

© 2015 Psicologia & Cia. Todos os direitos reservados.